sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Resiliência

Palavra esquisita.
Do latim resalire, que quer dizer saltar de volta.
Na física mecânica designa a capacidade de um material voltar a seu estado original após um choque.
Na ecologia refere-se à capacidade do ecossistema de recuperar seu desenvolvimento após sofrer um trauma.
Na informática é a capacidade do sistema ou rede continuar em funcionamento em caso de pane.
E finalmente, na psicologia é a capacidade de superar o trauma.

Ou seja, resiliência essa palavra tão moderninha embora antiga, traduz a flexibilidade, capacidade, possibilidade de superação do trauma, da pane, do choque, do sofrimento.

Vivemos na era da ditadura da felicidade.
Fluoxetina para crianças. Somos obrigados a ser felizes e se nos atrevemos à tristeza, somos doentes.

Quem acredita na resiliência?

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Essa tal felicidade

"As crianças são sinceras" - dizem por aí.

Talvez por demonstrar com clareza o que sentem e, muitas vezes, falar o que pensam doa a quem doer.

Na PNL ouve-se falar em congruência, quando o que você diz está em acordo com a maneira como se expressa verbal e corporalmente.

Levando em consideação tais afirmações, o que podemos pensar deste garoto?

video

sábado, 19 de setembro de 2009

Frase de caminhão

"A felicidade do homem pobre é o carinho de uma mulher sincera".


Pobre e corno seria demais pra ele.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Fantasmas


Os fantasmas nos assombram à noite, e é por isso que não durmo.
Sou constantemente assombrada por meus medos, minhas sombras, pensamentos.
Quem não os tem?
Quem não os renega em algum momento da vida?
Os fantasmas podem ser furiosos se excluídos ou esquecidos. Eles se impõem e voltam a te assombrar até que olhe diretamente para eles.
Só o olhar pode deter um fantasma.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

O Feio Bonito pra ver e ouvir

video

Enjoy...

O feio bonito

Please don't stop the rain

I don't know where I crossed the line

Was it something that I said

Or didn't say this time?

And I don't know if it's me or you

I can see the skies are changing

No longer shades of blue

I don't know which way it's gonna go

And if it's going to be a rainy day

There’s nothing we can do to make it change

We can pray for sunny weather

But that won't stop the rain

You're feeling like you've got no place to run

I can be your shelter til it's done

We can make this last forever

So please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

I thought that time was on our side

I've put in far too many years

To let this pass us by

You see life is crazy thing

There'll be good times

And there'll be bad times

And everything in between

And I don't know which ways it's gonna go

And if it's going to be a rainy day

There's nothing we can do to make it change

We can pray for sunny weather

But that won't stop the rain

You're feeling like you've got no place to run

I can be your shelter til it's done

We can make this last forever

So please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

Oh we are a little closer now

In finding what life's all about

Yeah I know you just can't stand it

When things don't go your way

But we've got no control over what happens anyway

And if it's going to be a rainy day

There's nothing we can do to make it change

We can pray for sunny weather

But that wont stop the rain

Feeling like you've got no place to run

I can be your shelter til it's done

We can make this last forever

So please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Please don't stop the rain

Let it fall, let it fall, let it fall

Can't stop it, you can't stop it

Let it fall

Please don't stop the rain

 

 

 

He's my brother

video

Para Diogo, my brother.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Things change

Hoje estou demasiadamente cansada pra escrever, embora esteja com muita vontade.
De duas semanas pra cá esboço uma mudança que ainda não sei o que vai ser, mas será.
Tenho nas mãos o pincel e a tinta vermelha, tenho na minha frente um olhar atento e uma escuta incondicional e é tudo o que preciso nesse momento... além de um remedinho pra dormir...